Portal do Grupo Beija-Flor:   Grupo de Capoeira Beija-Flor|Associação Desportiva e Cultural Capoeira Beijaflor|Team Fitness Beija-Flor|Contra Mestre Brancão|xXx

Prximos Eventos

Nenhum evento

Patrocnios

Apoios

Parcerias

Calendrio

« < Outubro 2017 > »
D S T Q Q S S
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31 1 2 3 4
« < Novembro 2017 > »
D S T Q Q S S
29 30 31 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 1 2
« < Dezembro 2017 > »
D S T Q Q S S
26 27 28 29 30 1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31 1 2 3 4 5 6

Toques da Capoeira Imprimir e-mail

Fonética dos toques

DAN   = Bate-se a vareta sem o dobrão encostado ao arame, nem a cabaça à barriga.

DIN    = Com o dobrão pressionando o arame do berimbau bate-se com a vareta, sem a cabaça na barriga.

+       = Um Chiado, balançando o caxixi.

++    = Dois chiados, balançando o caxixi.

&       = Bater no arame com a vareta e logo depois encostar o dobrão, com a cabaça na barriga.


Os toques de capoeira validados e utilizados pelo grupo Capoeira Beija--Flor® são os seguintes:

Angola: É um toque lento, cadenciado. É feito para o jogo de dentro, jogo baixo, perigoso, rente ao chão e com muita malandragem.
Fonética: ++ DAN DIN

São Bento Pequeno: É o toque para jogo solto, ligeiro, ágil, jogo de exibição técnica. Também conhecida como “angola invertida”.
Fonética: ++ DIN DAN

São Bento Grande: É um toque muito usado em apresentações públicas, rodas de rua, baptizados e outros eventos e também nas rodas técnicas das academias para testar o nível de agilidade dos alunos.
Fonética: ++ DIN DAN DAN

São Bento Grande de Bimba: Como o nome já diz, é o toque de Bimba, pois é um tipo de variação diferente que mestre Bimba criou a partir do toque original de São Bento Grande. É o hino da Capoeira Regional Baiana. Neste toque, o jogo dá mais ênfase à arte marcial.
Fonética:        + DAN + DIN + DAN DAN DIN

Santa Maria: É o toque usado quando o jogador coloca a navalha no pé ou na mão. Incita o jogo mas não incentiva a violência.
Fonética: ++ DAN DAN DAN DAN ++ DAN DAN DAN DIN ++ DIN DIN DIN DIN ++ DIN DAN DIN DAN

Iúna: É usado apenas para o jogo dos mestres. Neste toque, o aluno é plateia, não joga e só bate palmas; jogam apenas os mestres, contra-
-mestres, professores ou alunos formados. No toque de Iúna não há canto.
Fonética: DAN ++ DAN & DAN & DAN ++ DAN & DAN & DAN & DAN & DAN & DAN & DAN ++ DAN & DAN & DAN DAN DAN DAN DAN & DAN & DAN ++ DAN & DAN &

Benguela: É o toque mais lento de capoeira regional, usado para acalmar os ânimos dos jogadores quando o jogo “aperta”. 70% do jogo é feito com as mãos no chão. São usadas 3 palmas a acompanhar.
Fonética: ++ DAN DIN DIN

Cavalaria: É o toque de alerta máximo ao capoeirista. É usado para avisar o perigo no jogo, a violência e a discórdia na roda. Na época da escravidão, era usado para avisar os negros capoeiras da chegada do feitor. Na República, quando a capoeira foi proibida, os capoeiristas usavam o toque "cavalaria" para avisar a chegada da polícia montada, ou seja, a cavalaria.
Fonética: ++ DAN DIN DAN

Samba de Roda: É o toque original da roda de samba, geralmente feita depois da roda de capoeira, para descansar e descontrair o ambiente. É no Samba de Roda que o capoeira mostra que é bom de cintura.

Fonética: ++ DAN ++ DAN ++ DAN DAN DAN DAN
 
Com o poder de Joomla!, o design base de BentoBox Dark (RocketTheme © 2006 - All Rights Reserved), alterado pela equipa Web do Grupo de Capoeira Beija-Flor.